Buscar
  • Jefferson Negreiros

O QUE É TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA (TAG)?


São características de preocupações excessivas diante de diversos eventos e atividades. Sensação como intensidade, proporção e frequências são desproporcionais aos eventos reais. A pessoa com TAG tem dificuldades de controlar a preocupação e evitar os pensamentos preocupantes.


É importante ressaltar que existe uma diferença entre ansiedade generalizada da ansiedade não patológica. Ou seja, ansiedade, faz parte do processo da vida do ser humano. Em níveis normais, sem que haja prejuízo na vida social e cotidiana.


Veja aqui o que é o Transtorno de Pânico

Ficar ansioso por realizar uma prova dos estudos, uma entrevista de emprego, conhecer um (a) pretendente, ir à um jantar etc. É normal com que sinta um frio na barriga, uma certa ansiedade por estar diante de algo desconhecido.


Quando essa ansiedade o impede de agir, de seguir a vida, de enfrentar a vida cotidiana, preocupações constantes, prejuízos sociais, profissionais ou outras áreas importantes de sua vida, pensamos então em algo voltado para um transtorno de ansiedade, pois está impedindo que a pessoa tenha uma vida normal.



QUAIS OS SINTOMAS?


  • Quando a preocupação ocorre na maior parte dos dias;

  • Dificuldade em controlar a preocupação;

  • Inquietação;

  • Fadiga (Se sente muito cansado físico e mentalmente);

  • Sensação de “branco na mente”;

  • Irritabilidade;

  • Perturbação do sono;

  • Tensão muscular;


Para considerar um diagnóstico, os sintomas do transtorno de ansiedade generalizada devem estar presentes por, pelo menos, seis meses

EXISTE TRATAMENTO?


Sim! É uma combinação da psicoterapia e o tratamento com médico psiquiatra.

Importante também ressaltar que deve ser observado a diferença entre o medo e ansiedade comum da Ansiedade Generalizada. O medo é uma resposta inata do indivíduo, para que fuja de uma situação que lhe cause risco, seja real ou imaginário.


O medo e a ansiedade não patológica são mecanismos de defesa para a pessoa consiga escapar de uma ameaça, por exemplo, fugir de um cachorro raivoso preste a te atacar, no entanto não ter esse mecanismo não faz parte da condição humana. Importante observar o nível de ansiedade, se interfere na vida social e profissional.


Quer saber mais sobre esse assunto? Acesse meu podcast de Perguntas e Respostas sobre a Ansiedade.


Leia mais sobre o Estresse e seus riscos a saúde.



AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais / DSM-V. 5 ed. – Porto Alegre: Artmed, 2014.



Posts recentes

Ver tudo

Psicólogo | Psicanalista | Hipnoterapeuta

CRP 06/136835

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Spotify
  • Anchor

(11) 94792-8606

® Copyright por Negreiros Psicologia